Justiça

"A natureza é sábia e justa. O vento sacode as árvores, move os galhos, para que todas as folhas tenham o seu momento de ver o sol."

Humberto de Campos

Search This Blog

Sunday, November 14, 2010




NATUREZA E FÉ.

Através das gotas de chuva
eu vejo o céu azul riscado
de outras cores. Vejo o verde
dos campos florescendo em cores
pintando e perfumando o ar.


As nuvens já passaram lá
e agora desaguando aqui
trazendo pensamentos vários
das coisas bonitas do espaço.
do brilho que vem refletido.


Da minha janela escrevo
histórias das gotas caindo,
sumindo na terra, felizes
tocando pétalas macias
agradecendo a natureza.

Beleza, infinita beleza
da chuva, do céu e das flores
dos sentimentos que me trazem
fé e esperança na vida.

Camélia La Branca
04/11/201

...............***..............

Thursday, September 09, 2010


MAR DE ROSAS


Se cada rosa que plantei na vida
pudesse florescer em meu jardim,
viria um mar de rosas para mim
deixando a minha estrada colorida.


Existe tempo bom, tempo ruim
mas a semente nunca está perdida,
plantada em bom solo e nutrida
as belas rosas nunca terão fim.


Se de manhã eu sinto o seu odor
é que o vento vem a balançar
as ondas deste mar cheio de flores.


Meu mar de rosas, luz do meu amor
dentro alma e em qualquer lugar
há de florir e resistir as dores.


Camélia La Branca
09/09/2010

Wednesday, September 08, 2010

Thursday, August 19, 2010

Wednesday, August 04, 2010

Alegres campos, verdes arvoredos


Alegres campos, verdes arvoredos,
Claras e frescas águas de cristal,
Que em vós os debuxais ao natural,
Discorrendo da altura dos rochedos;

Silvestres montes, ásperos penedos,
Compostos em concerto desigual,
Sabei que, sem licença de meu mal,
Já não podeis fazer meus olhos ledos.

E, pois me já não vedes como vistes,
Não me alegrem verduras deleitosas,
Nem águas que correndo alegres vêm.

Semearei em vós lembranças tristes,
Regando-vos com lágrimas saudosas,
E nascerão saudades de meu bem.


Luís Vaz de Camões


A vida pulsa em toda natureza,
Em cada canto há vida e há energia

Thursday, July 22, 2010

Toda a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa que convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso." 


(Tsai Chih Chung)


Saturday, March 27, 2010

LUZ DA MINHA VIDA

Ainda que o céu pareça escuro
E o sol fique entre nuvens escondido
Há um brilho em minha alma refletido
Que me clareia sempre que o procuro.


É um brilho diferente, leve e puro
Que pode não ser visto, mas, sentido,
E mesmo em pensamento, é intuído
Tornando o meu caminho bem seguro.


É um dourado raio estendido
Da imensidão até o meu olhar,
Que faz meu coração fortalecido.


E de repente, como num piscar
No que antes era triste e obscurecido,
Resplandece o sol a iluminar!...


Camélia La Branca
11/03/2010


QUANDO AS LUZES SE ACENDEM

As luzes, uma a uma se acendem,
É a noite que já traz a escuridão,
Vejo em cada janela, um clarão
Tão pouco para o medo que alguns sentem.


Há muitos, que do dia, se arrependem,
Se entregam em sentida oração
Para outros, ela traz a solidão
E há os que ao sono, apenas redem.


Mas nesta hora em plena escuridão
É que se acende a luz espiritual
Em sonhos ou até em viagem astral...

Pra quem tem fé e amor no coração
As luzes se acendem a qualquer hora
E as trevas bem depressa vão-se embora.

Camélia La Branca
23/03/2010

Sunday, January 03, 2010


TODOS OS VENTOS 

Vento minuano que sopra do sul
Trazendo perfumes das flores de lá
Ventos constantes, soprando do oeste
o ano inteiro, ao norte e ao leste...
Que seja uma brisa, suave e serena,
Que seja um ciclone, varrendo o passado
de um tornado jogando as flores no chão,
o medo filmado no olho do furacão.
Ventos alísios, trazendo a chuva,
Que vêm e que vão, do oceano
para o contente, que de repente
é vendaval, temporal, e talvez furacão.
Ventos que mudam, que trazem sementes
de esperança, de uma primavera
que de repente floresce na vida de gente!
Ah! Ventos... Benditos ventos.....

Camélia La Branca
29/12/009